Em quatro dias Policiais da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de JP realizam nove prisões e apreendem dois menores

Em quatro dias Policiais da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de JP realizam nove prisões e apreendem dois menores
A Polícia Civil através da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT) de João Pessoa realizou em quatro dias, nove prisões e duas apreensões de menores na Capital e na Grande João pessoa. A primeira prisão aconteceu no sábado (19) com o cumprimento da preventiva de Adelson Daniel da Silva, 26 anos, suspeito de crimes de roubo e extorsão. De acordo com as investigações Adelson foi reconhecido pelas vitimas, senhoras idosas, que foram abordadas por ele quando saiam do um Hospital localizado no bairro da Torre.
 
 
Segundo as vítimas, elas eram seguidas pelo suspeito e quando chegavam em ruas menos movimentadas eram abordadas por ele. Adelson roubava todos os pertences das idosas e ainda extorquia as mulheres. Ele foi preso em uma residência no bairro de Tibiri no município de Santa Rita. Depois de ser ouvido Adelson foi encaminhado para o Presídio do Roger onde aguarda pela sentença da Justiça.
 
Na terça feira (22) os policiais civis da DCCPAT durante uma campanha prenderam José Carlos Alves Pereira, Carlos Antonio França Martins e apreenderam um menor, suspeitos de roubar e tentar matar um motorista de transporte alternativo. O crime aconteceu em fevereiro desse ano no Conjunto Valentina de Figueiredo. A vítima foi ferida com um golpe de faca no pescoço.  
  
 
  
O trabalho de investigação identificou os suspeitos e depois de várias diligências descobriu onde eles estavam. De posse dos mandados de prisão temporária, os agentes de investigação foram até o Planalto da Boa Esperança na zona Sul da Capital. Na casa de José Carlos além dos outros dois suspeitos os policiais também encontraram drogas embaladas para a venda. José Carlos e Carlos Antonio foram autuados por tentativa de latrocínio e por tráfico de entorpecentes. Os dois foram encaminhados para o Presídio. Já o menor foi levado para a Delegacia da Infância e Juventude.
 
Também na terça feira (22) por volta das 6h, equipes da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio e da 9ª Delegacia Seccional de Itabaiana, deram cumprimento aos mandados de prisão e busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara da Comarca de Ingá contra Eliomar de Brito Coutinho, suspeito de vários homicídios. Ele já vinha sendo investigado há alguns meses pela polícia. Na casa de Eliomar no bairro do José Américo os policiais encontraram uma pistola calibre 9 mm.   
 
 
No mesmo dia, dessa vez no bairro do Mutirão em Bayeux a polícia prendeu Queops Carneiro Silva, 26 anos. Ele já estava sendo investigado desde outubro do ano passado. Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela Vara de Entorpecentes da Capital na residência do suspeito, foi encontrado aproximadamente 150 g de Maconha, pronta para distribuição, além de balança de precisão e outros apetrechos que caracterizam o tráfico de drogas.
 
Já na quarta feira (23) após diligências realizadas pela equipe de policias da Delegacia Especializada no bairro das Indústrias, foi preso Deyvid Lucena Barbosa e apreendido o menor, suspeitos de participar do assalto aos funcionários do frigorífico Center Frango, também localizado no bairro das Indústrias. O crime aconteceu no ultimo dia 13. Os suspeitos teriam roubado R$ 9.600 das vitimas. Deyvid foi encaminhado para o Presídio do Roger e o adolescente levado para à Delegacia da Infância e Juventude.
 
Na sexta feira (25) os Policiais da DCCP efetuaram a prisão em flagrante delito de Paulo Rodrigo Soares, 21 anos, Caio Sérgio Vitoriano da Silva, 22 anos e Wagner Vitor do Nascimento Lima, 23 anos, suspeitos de roubo majorado. Segundo as investigações na noite do dia 24, os envolvidos invadiram a Farmácia Pague Menos da Av. Duarte da Silveira, usando uma arma de fogo. Eles roubaram pertences de clientes e o dinheiro do caixa. Um dos assaltantes ainda se dirigiu ao balcão e levou remédios. Entre as vítimas estava um Delegado de Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte, que teve seu carro revistado por dois ladrões, a procura de armas, sendo levado dele documentos pessoais e dois carregadores de pistola Cal. 40, com várias munições do mesmo calibre.
 
Assim que tomaram conhecimento do fato, agentes de investigação iniciaram as diligências. Os suspeitos foram presos 24 horas depois do crime. Com eles foram encontrados os carregadores de pistola do Delegado, várias munições, documentos, e algumas caixas de medicamento, o que confirmou a participação dos suspeitos no roubo. Eles confessaram a participação no crime, agora estão à disposição da Justiça.