Investigações policiais levam a aumento de 62,2% das prisões realizadas na região de Campina Grande

Investigações policiais levam a aumento de 62,2% das prisões realizadas na região de Campina Grande

As investigações desenvolvidas pela Polícia Civil da Paraíba na área abrangida pela 10ª Delegacia Seccional, com sede em Campina Grande, resultaram em um aumento considerável no número de prisões efetuadas no primeiro trimestre de 2016 na região que abrange ainda Boa Vista, Lagoa Seca e Massaranduba. Nesse período, foram registradas 167 prisões, o que representa um aumento de 62,2% em relação a 2015, quando aconteceram 103 prisões.

De acordo com o relatório divulgado pela Polícia Civil, a equipe da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) efetuou 60 prisões de janeiro a março, sendo a que mais se destacou. A Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Homicídios) prendeu 25 suspeitos de crimes desse tipo e a Delegacia da Infância e Juventude apreendeu 23 adolescentes infratores. Ainda segundo o relatório, a Delegacia da Mulher de Campina Grande registrou a prisão de 13 suspeitos de assédio, agressão e até homicídio contra vítimas do sexo feminino.

Para o delegado seccional, Iasley Almeida, a dedicação dos policiais civis e a integração das unidades policiais foram essenciais para o crescimento de prisões decorrentes de ações de investigação efetiva. “Parabenizo as equipes, entre delegados, agentes, escrivães, peritos, motoristas policiais e todos os servidores que estão envolvidos no processo investigativo. É nesse ponto que mostramos a força da união para obter resultados. Com isso, estamos fazendo cada vez mais uma polícia eficiente no combate ao crime”, destacou.