NOTA DE PESAR

A Delegacia Geral de Polícia Civil da Paraíba em nome de todos os Policiais Civis do Estado lamenta a morte do agente de investigação Marcos Paulo Vinícius de Souza, de 42 anos. O policial foi atingido por três disparos de arma de fogo, durante um confronto com criminosos em uma ação policial na cidade de Puxinanã, no fim da tarde desta terça-feira (6).
 
Com quatro anos de serviços prestados à Polícia Civil da Paraíba, o investigador Marcos Paulo de Souza atuava no Núcleo de Homicídios da 12ª Delegacia Seccional em Esperança e durante o tempo de trabalho agia com honradez e zelo para com a Instituição e a sociedade, na investigação de criminosos e contribuindo para diversas prisões na região. Ele deixa esposa e três filhos. Parentes e amigos decidiram realizar o velório no Ginásio de Esportes do município de Montadas nesta quarta-feira (7).
 
 
João Alves de Albuquerque
Delegado Geral da Polícia Civil da Paraíba