Polícia Civil prende e indicia três suspeitos de homicídio na cidade de Picuí

Polícia Civil prende e indicia três suspeitos de homicídio na cidade de Picuí

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo de equipes da 13ª Delegacia Seccional, com sede em Picuí, no Curimataú do Estado, prendeu nesta quinta-feira (28) Daniel Cleyton Dantas Santos, por força de mandado de prisão. Ele, José Thiago do Nascimento, conhecido como ‘Thiago Vela Preta’, Lindoilson Santos Oliveira, o ‘Galego Cross’, foram indiciados pelo homicídio de Antônio Quirino dos Santos Neto, ocorrido no dia 16 de julho deste ano.

De acordo com a Polícia, José Thiago e Lindoilson já estavam presos, sendo suas prisões temporárias convertidas em preventivas. “A Polícia Civil em Picuí conseguiu reunir provas incontestáveis de que os indiciados participaram deste homicídio, sendo que o Tiago Vela Preta foi quem efetuou os disparos, após agredir a vítima, juntamente com o Daniel. Já o Galego Cross, deu suporte ao Tiago e ao Daniel na fuga para a cidade de Nova Floresta, na Paraíba, escondendo a arma do crime e ficando com o celular da vítima”, explicou o delegado seccional, Cristiano Brito.

As equipes policiais ainda apuram outros fatos relacionados ao homicídio, em que pessoas próximas dos autores, tentaram atrapalhar as investigações, divulgando falsas situações, orientando e coagindo testemunhas. “Estaremos atentos a estes fatos para que os mesmo sejam identificados, responsabilizados e punidos na forma da lei. A Polícia Civil encerra o inquérito policial com os três acusados presos, ficando a disposição da justiça”, finalizou a autoridade policial.

Prisão por tráfico – Também na tarde desta quinta-feira (28), policiais civis e militares em Picuí realizaram a prisão de José William, conhecido como ‘William de Cachete’, em virtude de mandado judicial. O trabalho aconteceu no bairro de Limeira.

De acordo com a Polícia, o preso havia escapado de uma abordagem da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, na cidade de Carnaúba dos Dantas, quando conseguiu se evadir, deixando o carro e sua mulher, e ainda aproximadamente um quilo de droga. William já vinha sendo monitorado pela Polícia Civil, em Picuí, por tráfico de drogas, e no momento da abordagem ainda tentou se evadir novamente, pulando os muros das casas vizinhas, mas sem êxito.