Polícia desarticula grupo criminoso responsável por assaltos e homicídios na região de Esperança

Polícia desarticula grupo criminoso responsável por assaltos e homicídios na região de Esperança

A Polícia Civil, por meio de um trabalho realizado pela 12ª Delegacia Seccional, com sede em Esperança, desarticulou um grupo criminoso que agia nas cidades de Alagoa Nova, Esperança e Areia. Na ação policial houve troca de tiros e dois suspeitos morreram.

De acordo com o delegado titular da seccional, Henry Fábio, o Grupo Tático Especial (GTE) da seccional de Esperança e equipes da Delegacia Municipal de Areia e da Delegacia de Alagoa Nova iniciaram uma ação policial na zona rural de Alagoa Nova após as investigações apontarem que uma residência servia de esconderijo para uma quadrilha formada por aproximadamente dez pessoas.

“Recebemos informações da localização dos bandidos e de como eles se articulavam para realizar assaltos na zona rural de Esperança, Alagoa Nova e ainda Areia. Cercamos a casa em que eles estavam e ao notarem a presença da polícia começaram a atirar contra os policiais. No confronto, duas pessoas foram atingidas: Paulo Apolinário de Sousa, de 33 anos e Anita Flávia Pessoa, de 20 anos. O Paulo, inclusive, é considerado um dos chefes da quadrilha. Os dois foram socorridos para hospitais da região, mas morreram. Temos informações também que além dos assaltos o grupo também era responsável por mais de 15 homicídios na região”, disse o delegado.

Na ação, os policiais apreenderam ainda duas armas: um revólver e uma espingarda. Os outros integrantes do grupo criminoso conseguiram fugir, mas já foram identificados. “Nós já sabemos quem são os outros participantes da quadrilha e agora partimos para um intenso trabalho investigativo e de localização. A Polícia Civil não vai parar de trabalhar até prender por completo o bando. Quem tiver informações que possam ajudar a polícia, pode nos ajudar ligando para o número 197 – Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e Defesa Social (Seds). A ligação é gratuita e o sigilo da fonte é garantido”, frisou Henry Fábio.

Números – A 12ª Delegacia Seccional, que é responsável pelo policiamento em 20 municípios da região de Esperança, divulgou nesta segunda-feira (28) a quantidade de prisões realizadas neste ano de 2015. Foram 180 prisões, contabilizadas de janeiro até esta última semana do mês de dezembro.  De acordo com o titular da seccional, delegado Henry Fábio, 100 prisões foram realizadas nos últimos três meses (outubro, novembro e dezembro). “Temos muito orgulho do esforço empreendido por todas as equipes das delegacias da seccional. Estes sim, são os verdadeiros responsáveis pelo êxito das operações”, finalizou.