Polícia desarticula quadrilha responsável por roubos, tráfico e homicídios no Litoral Norte da Paraíba

Polícia desarticula quadrilha responsável por roubos, tráfico e homicídios no Litoral Norte da Paraíba

Uma ação integrada das Polícias Civil e Militar da Paraíba com atuação na 7ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), com sede em Mamanguape, resultou na prisão de três homens, três mulheres e ainda na apreensão de dois adolescentes neste fim de semana. Todos são suspeitos da prática de roubos, tráfico e homicídios na região do Litoral Norte do Estado.

  

De acordo com o delegado da 7ª Seccional, Walter Brandão, o trabalho de investigação policial começou há 15 dias, quando, por meio de uma denúncia via o número 197 - Disque –Denúncia da Secretaria da Segurança e Defesa Social (Seds), apontou para a existência de um grupo criminoso que realizava assaltos, homicídio e do tráfico de drogas no Litoral Norte da Paraíba. “Este foi mais um resultado de ações conjuntas de prevenção e repressão qualificadas das Polícias Civil e Militar que atuam no Litoral Norte do Estado. Na quinta-feira (10), prendemos em flagrante Alantiel Anulino Urbano da Silva. Ele é foragido de uma unidade prisional do Rio Grande do Norte (RN) e estava escondido em Mataraca. O suspeito foi encontrado pela Polícia da Paraíba com um revólver e integrava o grupo criminoso realizando assaltos e homicídios”, disse o delegado.

Na sexta-feira (11), a Polícia prendeu Francisco de Assis Pereira, de 19 anos. Segundo as investigações, ele também praticava assaltos e participava de ações envolvendo o tráfico de drogas na região do Vale do Mamanguape. Na companhia dele estava Wilzilene Ferreira Peixoto, de 29 anos, que foi presa. Dentro da organização criminosa, a suspeita era responsável pela distribuição das armas. Além destes, foram presos também: Ana Paula Jaciara de Lucena, 24 anos, e Tamires dos Santos Silva, 23 anos. Com esta última foram apreendidos aproximadamente 30 quilos de maconha.

“A apreensão dos entorpecentes aconteceu no terminal rodoviário de João Pessoa, quando os investigadores interceptaram a droga vinda de Brasília (DF) e que seria distribuída na cidade de Mamanguape. Recebemos a informação que Tamires estava com a maconha escondida e iria pegar um carro alternativo da Capital para Mamanguape. No momento da abordagem policial ela estava com Ana Paula. Na ação também foram recolhidos dois adolescentes, e, após depoimento e procedimentos, eles foram liberados”, finalizou Walter Brandão. O grupo vai responder pelos crimes de tráfico de drogas, homicídios, crimes patrimoniais e associação criminosa.