Polícia esclarece autoria de duplo homicídio em Bayeux e encaminha pedido de prisão à Justiça

Polícia esclarece autoria de duplo homicídio em Bayeux e encaminha pedido de prisão à Justiça

O trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba elucidou nesta quarta-feira (17) a autoria do duplo homicídio que teve como vítimas um homem e uma adolescente, na cidade de Bayeux. O crime aconteceu no domingo (13) e, segundo os levantamentos do Núcleo de Homicídio da 4ª Delegacia Seccional de Polícia Civil (DSPC), teve como autor Fábio Rodrigo Costa de Sena, 25 anos. Na ocorrência, a adolescente Adrielly Vitória Nascimento dos Anjos, 12 anos, e Nielson Gomes de Sousa, 19, foram assassinados e uma criança de cinco anos, Miguelangelo Nascimento dos Santos, também foi atingida por um disparo de arma de fogo na perna.

 

De acordo com o delegado Pedro Ivo, a Polícia Civil iniciou as diligências logo após o crime. “Os investigadores foram à Rua Cinco de Agosto, no Centro da cidade, a fim de realizar os primeiros levantamentos no local de crime, identificar testemunhas, e a perícia foi chamada para a realização de exames e coleta de projéteis. Além disso, ouvimos vários depoimentos e recebemos informações pelo 197 – Disque Denúncia, para embasar o pedido de prisão, encaminhado à Justiça”, explicou o delegado, acrescentando que ainda estão sendo analisadas imagens de um circuito de câmeras próximo ao local do fato.

A autoridade policial também afirmou que Fábio já foi indicado por três outros homicídios e que a motivação do crime está ligada à disputa entre grupos criminosos e tráfico de drogas. Segundo a Polícia, Fábio agiu sozinho e estava em uma moto, da qual nem chegou a descer para efetuar os disparos de arma de fogo.

“A identificação da autoria desses crimes é resultado de uma investigação efetiva, trabalho de campo de qualidade e do importante auxílio da população. Em quatro dias, colocamos no papel essas informações e esclarecemos um crime de repercussão e clamor social em Bayeux. Agora continuamos empenhando esforços para a prisão do criminoso e a população pode ajudar, denunciando a localização de Fábio por meio do 197, um serviço que garante o sigilo da identidade do denunciante e cuja ligação é gratuita”, frisou Pedro Ivo.

MANDADO DE PRISÃO - O Juiz da 1ª Vara de Bayeux, Marcial Henrique Ferraz da Cruz, emitiu nesta sexta-feira, 18, Mandado de Prisão Temporária em desfavor de Fábio Rodrigo Costa de Sena, em atendimento ao pedido de prisão feito pelo delegado Pedro Ivo, que investiga o caso.