Polícia paraibana prende homem que matou a mulher e a sogra no município de Goiana, em Pernambuco

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Núcleo de Homicídio/GTE da 7ª Delegacia Seccional em Mamanguape, no Litoral Norte do Estado, prendeu mais dois foragidos da Justiça por prática de homicídios. Segundo o delegado Walter Brandão, um dos presos estava foragido há 16 anos e o outro é acusado de ter cometido duplo homicídio em 2011 contra a própria esposa e a sogra, fato ocorrido na cidade de Goiana, em Pernambuco.

“O caso de Goiana chocou todo o Estado de Pernambuco, pois o homem que foi capturado por nossa equipe, Sebastião José do Monte, atentou contra a vida de sua esposa e de sua sogra com o emprego de um facão e ainda uma espingarda para completar o crime. Esse fato chamou a atenção e revoltou a população da cidade Goiana (PE) em 2011, quando o crime foi cometido. Sebastião José do Monte foi preso na zona rural de Rio Tinto após o trabalho investigativo da equipe de Núcleo de Homicídios, com o apoio do Grupo Tático Especialda 7ª Delegacia Seccional em Mamanguape”, explicou o delegado Walter Brandão.

O outro foragido da Justiça e capturado pelos policiais de Mamanguape foi José Alves da Silva, que cometeu crime de homicídio na cidade de Junco do Seridó no ano 2000. “Ele estava foragido há 16 anos e foi preso nesta segunda-feira na Zona Rural de Mamanguape, após as investigações que foram realizadas por nossa equipe. Com isso, estamos trabalhando para tirar de circulação e do convívio social muitos foragidos que procuram essa região para se esconder”, disse.

A população poderá ajudar a Polícia Civil ligando para o Disque Denúncia (197) e informando sobre possíveis envolvidos em homicídios, tráfico de drogas ou pessoas que estejam cometendo qualquer atitude suspeita de prática ilegal. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar, sendo garantido o anonimato de quem está denunciando.