Polícia prende agente penitenciário suspeito de tentativa de homicídio em Campina Grande

Polícia prende agente penitenciário suspeito de tentativa de homicídio em Campina Grande

A Polícia Civil, por meio de uma ação conjunta entre a Delegacia de atendimento à Mulher de Campina Grande e a Delegacia de Crimes contra Pessoa (Homicídios), deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva em desfavor do agente penitenciário Guilherme Marconi de Araújo. Ele é suspeito de uma tentativa de homicídio contra a esposa, fato ocorrido no início de janeiro deste ano.

De acordo com a titular da Delegacia da Mulher, Herta de França, no dia do crime houve uma feijoada na residência do casal e, em certo momento, o suspeito se desentendeu com um dos convidados. Após a saída de todos da confraternização, foi iniciada uma discussão e a vítima resolveu sair da casa, sendo seguida pelo suspeito que efetuou disparos de arma de fogo.

“Em um trabalho investigativo foram coletadas as provas dessa prática criminosa, mas no decorrer da investigação descobriu-se que o suspeito havia fugido. Foi realizada a representação pela prisão preventiva e, nessa terça-feira (9), o suspeito foi localizado e preso”, disse a policial.