Polícia prende dois homens suspeitos de clonar veículos

Policiais civis da Delegacia de Picuí, na região do Seridó Paraibano, distante 226 km de João Pessoa, desarticularam nessa quinta-feira (6) um grupo criminoso responsável pela venda de veículos roubados e clonados na Região. Durante a operação, foram presos em flagrante João Ramalho da Silva e Ademir José Fernandes Alves. Os dois suspeitos estavam com carros que, segundo a polícia, têm origem ilícita.

Nas diligências, foram apreendidos dois veículos que estavam clonados, com placas e chassis adulterados. Os outros carros ainda estão aguardando perícia da polícia técnica por causa do perfeccionismo das adulterações. A polícia civil continua com as investigações para identificar outros possíveis veículos que estão em circulação na cidade de Picuí e na região da 13ª Delegacia Seccional da Policia Civil.

Segundo uma avaliação realizada na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – Fipe, os dois carros clonados apreendidos pelos agentes de investigação durante a Operação têm um valor estimado em R$ 70 mil. Os policiais acreditam que eles seriam revendidos pelos suspeitos esta semana. Agora eles serão entregues para os proprietários mediante a apresentação dos documentos.

A Polícia Civil da Paraíba alerta a população, de um modo em geral, que desconfie de veículos relativamente novos oferecidos a preços baixos e com a documentação irregular, pois quem adquire estes carros está sujeito a responder pelo crime de receptação porque muitos desses veículos são produtos de roubo ou furto. Os presos na Operação estão recolhidos na carceragem da Delegacia aguardando pela audiência de custódia.