Polícia prende dupla suspeita de homicídios no Litoral Sul da Paraíba

Polícia prende dupla suspeita de homicídios no Litoral Sul da Paraíba

O trabalho das Polícias Civil e Militar na 6ª Área Integrada de Segurança Pública (Aisp), que abrange o Litoral Sul da Paraíba, resultou na prisão de Eriton Maicon Calixto da Silva, 23 anos, conhecido como ‘Nem de Jacaré’, e Diego Pereira Coutinho, 20 anos, o ‘Dourado’. A ação aconteceu nesta terça-feira (2) na cidade de Alhandra, quando também foi apreendida uma arma de fogo e droga. Contra os presos havia sete mandados de prisão em aberto pela prática de homicídios e associação criminosa na região.

De acordo com o comandante da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar, Capitão Kelton Pontes, os presos teriam trocado tiros com a Polícia após uma abordagem e se esconderam dentro da mata fechada em pontos do município de Alhandra. “Nós já estávamos investigando essas pessoas, acompanhando a movimentação delas. Durante abordagem da Polícia Militar, eles trocaram tiros com os policiais e se esconderam no matagal. Após receber informações precisas do local que servia de esconderijo, montamos um grupo de trabalho em conjunto com a Polícia Civil e na terça-feira conseguimos surpreendê-los e ainda cumprir os mandados de prisão”, disse o capitão.

Segundo a delegada do Conde, Flávia Assad, um dos crimes investigados pela Polícia e que resultou na expedição de mandado foi o assassinato do jovem Gerson Coutinho, conhecido como ‘Gerson da Veloz’. Ele desapareceu no dia 10 de novembro de 2015 e teve o corpo encontrado cinco dias depois em uma área de mata conhecida como Mucatu, de joelhos e com uma touca na cabeça. “Levantamos as informações sobre a dupla e eles estão relacionados a esse homicídio brutal. A dupla tem envolvimento com outros crimes e faz parte de uma associação criminosa que agia em municípios que compõem a região do Litoral Sul. Em um trabalho em conjunto com a Polícia Militar, conseguimos a prendê-los e desarticular a quadrilha criminosa”, finalizou a delegada.