Polícia prende homem e apreende adolescente suspeitos de envolvimento em latrocínio de comerciante de Santa Luzia

Polícia prende homem e apreende adolescente suspeitos de envolvimento em latrocínio de comerciante de Santa Luzia


A Polícia Civil, em uma ação desenvolvida pelos agentes de investigação da Delegacia de Soledade, no Agreste Paraibano, conseguiu prender Murilo Henrique Gonçalves de Oliveira e apreender um adolescente de 17 anos. Os dois são suspeitos de participar do latrocínio (roubo seguido de morte) praticado contra o comerciante do ramo de cigarros, João Batista Silva de Melo, assassinado na madrugada do dia 23 de março deste ano. O corpo do comerciante, que morava na cidade de Santa Luzia, na região do Vale do Sabugi, foi encontrado dentro da mala do próprio carro que foi  incendiado pelos criminosos e deixado no Sitio Barra da Canoa, zona rural do município de Pedra Lavrada. Com os dois suspeitos a polícia encontrou três espingardas artesanais, usadas na ação criminosa.
Os policiais chegaram aos suspeitos depois da prisão em flagrante de Allan Ricelly Queiroz de Albuquerque, 27 anos, realizada na quarta-feira (29). Ele confessou a participação no latrocínio e contou os detalhes do crime. No depoimento Allan disse que o carro do comerciante foi abordado por eles e a vítima foi retirada. João Batista foi obrigado a entrar no veiculo de Allan e foi espancado no banco de trás, as agressões deixaram marcas de sangue no banco, em seguida a vítima foi amarrada e colocada dentro da mala do próprio carro e para apagar qualquer tipo de vestígio que pudesse levar até aos acusados o carro do comerciante foi queimado.   
Além de Allan, também foi presa em flagrante por envolvimento com os integrantes do grupo criminoso, Sandra Vasconcelos Santos da Silva, e apreendidas duas adolescentes de 15 anos. Com eles foram encontrados vários maços de cigarros que foram roubados do comerciante e avaliados em mais de 27 mil. Com a prisão de Murilo e apreensão do menor de 17 anos hoje, a polícia agora concentra as investigações para localizar outras duas pessoas que também participaram do latrocínio. Eles foram identificados como Silvestre Evangelista Sobrinho, 18 anos, e um menor de 16 anos.
“Pedimos a colaboração da população para que nos ajude, procurando a nossa delegacia ou ligando para o número 197 Disque Denúncia da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social; neste caso não precisa se identificar é só repassar a informação que sabe sobre os dois suspeitos que continuam foragidos. Estamos trabalhando incansavelmente para concluir o trabalho que só encerra com a prisão e a apreensão desses suspeitos que praticaram este crime bárbaro contra o comerciante”, concluiu o delegado Lamartine Lacerda.