Polícia prende homem suspeito de homicídio e apreende adolescentes por envolvimento com roubos em CG

Polícia prende homem suspeito de homicídio  e apreende adolescentes por envolvimento com roubos em CG
A Polícia Civil através da Delegacia da Infância e Juventude (DIJ) de Campina Grande no agreste paraibano com o apoio da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude (DRCCIJ), cumpriu na manhã dessa terça feira (21) aos mandados de busca e apreensão e de prisão contra Tercio Rodrigues Evangelista Oliveira, 20 anos. Ele é suspeito de ter praticado um crime de homicídio quando era adolescente.
De acordo com as investigações, na noite do dia 01 de abril de 2014, Tercio teria sido contratado por um traficante para matar rivais e devedores do ponto de droga comandado por ele. Na época o adolescente se dirigiu até o bairro da Ramadinha II que fica na zona Oeste da cidade. Lá ele se encontrou com Wilson Davi Sales Neto, 20 anos e efetuou vários disparos de arma de fogo contra a vítima que morreu no local.
Quando o crime foi praticado Tercio era menor de idade. Os primeiros levantamentos realizados no local levaram a polícia até a identificação dele como o principal suspeito de efetuar os disparos. Foram realizadas várias diligenciais nos locais onde Tercio costumava ser visto, mas em nenhuma das buscas ele foi encontrado pelos policiais. Só esta semana que uma informação anônima ajudou a encerrar o caso.
Tercio foi preso no bairro de Bodocongo na casa de um parente. Ele foi encaminhado para Delegacia, mas apesar de hoje ser maior de idade, ele será encaminhado para o Lar do Garoto em Lagoa Seca para cumprimento da medida de internação imposta a ele até completar 21 anos que é o tempo máximo permitido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.
Mais prisões – Na tarde dessa segunda feira (20) a Delegacia da Infância e Juventude (DIJ), mais uma vez com o apoio da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância Juventude (DRCCIJ), deu cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão e três de prisão e um de apreensão em desfavor de Leonardo Rodrigues Santos, 18 anos, Marcela Teixeira Rafael, 18 anos, Melquiasedec Santiago Pereira, 20 anos e um adolescente de 17 anos. Eles são investigados por prática de crimes de roubo e posse ilegal de arma.