Polícia prende homem suspeito de violentar filha de 10 anos

Polícia prende homem suspeito de violentar filha de 10 anos

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude (DRCCIJ) de Campina Grande, cumpriu, na manhã desta quinta-feira (3), um mandado de prisão preventiva contra Washington Teles de Almeida, 38 anos, pela prática do crime de estupro de vulnerável contra a própria filha.

A polícia chegou até ele depois de ouvir várias testemunhas que falaram sobre a mudança de comportamento da menina de 10 anos e das suspeitas que ela estaria sendo violentada sexualmente pelo próprio pai. De acordo com os depoimentos, Washington aproveitava a visita da filha para a casa dele e praticava os abusos sexuais. O crime seria praticado durante os finais de semana, quando a mãe da criança, que é separada do suspeito, deixava a menina na casa dele.

O crime já vinha sendo praticado há pelo menos três anos. “Esta não foi a primeira vez que Washington praticou um crime sexual dessa natureza. As nossas investigações mostraram que ele já havia violentado a filha mais velha anos atrás e que por medo a menina não denunciou o pai na época. Só agora, depois da descoberta que Washington estava fazendo a mesma coisa com a irmã, ela decidiu falar sobre os abusos que sofreu”, disse a delegada de Repressão aos Crimes Contra a Infância e Juventude, Alba Tânia Abrantes Casimiro, responsável pelo inquérito policial.

Várias pessoas foram ouvidas, inclusive as vitimas. O trabalho durou 15 dias e nesta quinta-feira Washington foi preso quando saía da casa dele, no bairro do Alto Branco, em Campina Grande. Ele não reagiu à abordagem dos policiais, mas se negou a falar sobre o caso. Washington vai responder por estupro de vulnerável. Ele foi encaminhado para o Presídio Padrão de Campina Grande, onde vai permanecer aguardando a sentença da Justiça.