Polícia prende homens suspeitos de roubo a estabelecimentos comerciais em Campina Grande e na Capital

Polícia prende homens suspeitos de roubo a estabelecimentos comerciais em Campina Grande e na Capital

A Polícia Civil, por meio de um trabalho investigativo realizado pelas equipes da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de Campina Grande, identificou, prendeu e apreendeu envolvidos em assaltos a lojas de departamento e de telefonia celular de Campina Grande e de João Pessoa durante a Operação Android I, realizada na tarde dessa quarta-feira (4). Foram presos Vinicius Clarindo da Silva e Waldir Justino Ribeiro Júnior e ainda foi apreendido um adolescente de 14 anos.

De acordo com o delegado da Roubos e Furtos, Cristiano Santana, o trio faz parte de uma quadrilha especializada em crimes patrimoniais contra estabelecimentos comerciais de Campina Grande e em João Pessoa.  “Há algum tempo estávamos fazendo o levantamento do bando. Descobrimos que eles realizavam uma espécie de monitoramento dos estabelecimentos comerciais e, após a observação, eles se articulavam para realizar violentamente o assalto. De posse dessas informações, conseguimos identificar alguns dos envolvidos e realizamos a operação. Dois adultos foram presos e apreendemos um adolescente. Outras pessoas estão envolvidas e as investigações vão continuar. Acreditamos que mais 10 pessoas possam integrar essa quadrilha em Campina Grande e também em João Pessoa. Todos já foram identificados e mais prisões ocorrerão”, disse a autoridade policial.

O trio é suspeito dos assaltos ocorridos há duas semanas, no Centro de Campina. Durante a ação policial foram recolhidos um simulacro e ainda telefones celulares roubados. Os suspeitos vão responder pelos crimes de roubo e associação criminosa. O adolescente foi encaminhado para o Centro Educacional do Adolescente (CEA), na Capital, e os adultos foram levados para o Presídio do Serrotão, em Campina Grande, onde deverão aguardar as decisões Judiciais.