Polícia prende mulher suspeita de envolvimento em latrocínio na cidade de Pirpirituba

Polícia prende mulher suspeita de envolvimento em latrocínio na cidade de Pirpirituba
 
A Polícia Civil através da 8º Delegacia Seccional de Guarabira no Brejo Paraibano em uma ação coordenada pela Delegacia de Pirpirituba com o apoio do Grupo Tático Especial (GTE), cumpriu na manhã dessa segunda feira (19) o mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça contra Jéssica de Sousa Nascimento, 20 anos. Ela é suspeita de envolvimento em um latrocínio.
De acordo com os levantamentos o crime aconteceu na madrugada do dia 21 de novembro. A vítima, Inaldo Viana, 51 anos, foi assassinado com vários golpes de faca nas costas. O corpo dele foi encontrado no final da manhã do mesmo dia por populares que passavam próximo a um terreno na saída da cidade de Guarabira com destino a Pirpirituba.  
Na época os vizinhos informaram à polícia que Inaldo Viana tinha problemas mentais e não tinha inimigos. Na casa da vítima, no sitio Boa Esperança, a polícia foi informada que uma espingarda havia sido roubada e isto fez com que as investigações seguissem para a possibilidade de um latrocínio (roubo seguido de morte). As informações repassadas pelas pessoas que moram na localidade também ajudaram a identificar a primeira suspeita.
De acordo com as moradores uma mulher tinha sido vista saindo da residência de Inaldo. O nome da dela foi descoberto no decorrer das investigações. Jessica Sousa Nascimento foi ouvida e vai responder pelo crime de participação no latrocínio. Ela foi encaminhada para o Presídio feminino Júlia Maranhão onde vai ficar aguardando pela decisão da Justiça. A polícia agora continua as investigações para identificar e prender o autor do homicídio.