Polícia prende professor e casal suspeitos de furtos em escola e estabelecimentos comerciais

Polícia prende professor e casal suspeitos de furtos em escola e estabelecimentos comerciais

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da equipe da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio da Capital, prendeu o professor Valdeci Paiva da Silva, 38; Luciano Fernando de Oliveira, 29, que é ex-presidiário, e a mulher dele, Elisângela Guedes dos Santos, 27, na noite desta quarta-feira (19), em virtude de cumprimento de mandado de prisão temporária. O trio é suspeito de planejar e executar furtos na instituição de ensino e ainda em estabelecimentos comerciais.

De acordo com o delegado adjunto da delegacia especializada, Tércio Chaves, a prisão do professor aconteceu na saída da Escola Estadual João José da Costa, onde ele dava aulas, no bairro da Torre, em João Pessoa. O casal foi preso em casa.

 

“O trabalho foi iniciado há três meses, quando a nossa equipe estava investigando o ex-presidiário e constatou uma relação entre ele o professor, uma trama envolvendo essas três pessoas para a prática de crimes. Havia uma relação homoafetiva entre Luciano e Valdeci, que utilizava a moto do professor. Os agentes também tiveram acesso a um áudio gravado por uma funcionária da escola, no qual eles tramavam um furto que teria como vitima uma professora. Marcavam horário e formas de abordagem para que Valdeci não parecesse suspeito. Além disso, procuravam pessoas vulneráveis, que não oferecessem resistência, como idosos e alunos”, explicou Tércio Chaves, acrescentando que o trio tem envolvimento em furtos a dois mercadinhos e roubos de celulares no Centro da Capital.

A Polícia Civil orienta que as vítimas dos crimes patrimoniais cometidos pelo trio compareçam à sede da unidade policial, que fica na Central de Polícia Civil, bairro do Geisel, em João Pessoa. Denúncias também podem ser encaminhadas para o número 197 – Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds), que garante o sigilo e cuja ligação é gratuita.