Polícia prende seis pessoas em Patos por envolvimento em crimes patrimoniais

Polícia prende seis pessoas em Patos por envolvimento em crimes patrimoniais

 

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Unidade de Investigação de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) da 15ª Delegacia Seccional, com sede na cidade de Patos, prendeu seis pessoas suspeitas de envolvimento em grupos especializados em crimes patrimoniais. As prisões ocorreram em diversas ações policiais entre o fim de semana até a terça-feira (8).  

 

De acordo com as informações da Polícia, os presos estavam envolvidos em crimes diferentes e não faziam parte de uma mesma quadrilha. As prisões ocorreram em flagrante e por força de mandados judiciais e as investigações referentes aos casos continuarão e mais pessoas ainda podem ser presas.

 

Foram presos: Auricélio Fernandes de Araújo (contra ele existiam três mandados de prisão preventiva pelos crimes de furto e regressão de regime); Eduardo de Sousa Pereira, suspeito  de ter praticado o furto de ferramentas de um estabelecimento comercial;  José Fernandes do Nascimento, suspeito do crime de receptação pela aquisição ferramentas roubadas; Agrimar Araújo Neves dos Santos foi preso em flagrante por crime de furto a uma loja; José de Assis Amado, suspeito de receptação; José Sousa da Silva, por crime de receptação pela aquisição de uma carroça e de um animal furtados no último sábado (5). Outro envolvido nesse crime já foi identificado e pode ser preso. Os suspeitos foram encaminhadas para uma unidade prisional, onde aguardarão as decisões da Justiça. Eles foram ouvidos na Delegacia de Patos.