Polícia prende suspeito de tentativa de duplo homicídio em Patos

Polícia prende suspeito de tentativa de duplo homicídio em Patos

Policiais Civis da 15ª Delegacia Seccional de Patos, em conjunto com policiais militares do 3º Batalhão prenderam, no início da tarde desta quinta-feira (12), George Bernadino, 20 anos, suspeito de praticar um homicídio e de tentar matar duas pessoas. Os crimes foram registrados este ano. O primeiro no mês de outubro os outros dois no início do mês de novembro.

A polícia chegou até George Bernadino depois de analisar as imagens de uma câmera de vigilância instalada próximo ao Bar do Galego, que fica no bairro das Placas, zona leste de Patos. A gravação mostrou quando um homem chegou ao estabelecimento na madrugada do dia 9 de novembro e disparou sete tiros na direção de Carlos Alexandre, que foi baleado no abdômen, braço e nas pernas. Um dos tiros também atingiu a perna esquerda do sargento da Policia Militar, Andrade, que estava no local.

Carlos Alexandre é filho do comerciante Dorgival Quirino da Rocha, 58 anos, assassinado com dois tiros na tarde do dia 8 de outubro. O crime aconteceu dentro do bar da vitima, que fica na Rua Euclides Franco, na Vila Cavalcante em Patos. De acordo com testemunhas, o assassino chegou ao local no banco do carona de uma moto vermelha, sacou a arma e disparou na direção do comerciante que morreu na hora.

Várias diligências foram feitas, mas a pessoa responsável pelos disparos não foi identificada. Revoltado com o que aconteceu com o pai, Carlos Alexandre passou a dizer na cidade que ia vingar a morte dele. Uma denúncia feita para 197 Disque Denúncia da Secretaria da Segurança e da Defesa Social informou que George seria o responsável pelos crimes e que teria tentado matar Carlos Alexandre porque soube do desejo dele de assassinar o responsável pela morte do pai. 

Com esta informação e com as imagens, a polícia investigou e prendeu George, no Bairro das Placas. Ele estava sentado em uma calçada próximo à residência dele quando foi abordado. “George foi identificado pelas testemunhas como sendo o autor dos disparos que atingiram Carlos Alexandre e o sargento. Agora vamos continuar trabalhando para saber se ele teve participação no assassinato de Dorgival. As investigações mostraram que o comerciante foi morto porque o assassino achava que ele seria informante da polícia na área”, falou o delegado seccional Silvio Rabelo.

Os levantamentos feitos pela polícia mostram que George foi preso em 2014 por homicídio e recebeu a liberdade há cerca de dois meses. Agora ele foi autuado por dupla tentativa de homicídio. George foi encaminhado para o Presídio de Patos, onde vai cumprir a prisão preventiva e aguardar a decisão da Justiça. De janeiro até hoje 63 suspeitos de praticar homicídios foram presos em Patos. A Delegacia Seccional também já registra 85% de resolução em autoria de homicídios.