Polícia prende tio e sobrinho suspeitos de assassinar homem a pauladas e golpes de barra de ferro em Santa Rita

Polícia prende tio e sobrinho suspeitos de assassinar homem a pauladas e golpes de barra de ferro em Santa Rita

O trabalho de investigação da Polícia Civil da Paraíba, por meio do Núcleo de Homicídios de Santa Rita, na Região Metropolitana da Capital, resultou na prisão, em menos de cinco horas, de José Sergio da Silva, 46 anos, e do sobrinho dele Josenilton Oliveira Silva, 26 anos, suspeitos de assassinar João dos Santos Junior, 32 anos. O crime foi registrado na noite dessa sexta feira (4) no Bairro de Tibiri II em Santa Rita.

A polícia foi informada do homicídio por meio de uma ligação e, quando chegou ao local, a vítima, que de acordo com os parentes tinha retardo mental, já havia sido levada pelo Serviço Móvel de Urgência (Samu), mas, devido à gravidade dos ferimentos, morreu antes do atendimento no hospital. De acordo com informações repassadas no local do crime para a equipe de investigação, os suspeitos estavam jogando dominó em um bar com uma terceira pessoa quando a vítima chegou e ficou puxando conversa com os três. Aborrecidos, eles teriam mandado João parar, mas como ele não entendeu – por causa da deficiência mental –  Josenilton e José se armaram com um pedaço de pau e de ferro e começaram a espancá-lo.

O crime foi presenciado pelos pais da vítima que, por várias vezes, imploraram para que os agressores parassem, mas de nada adiantou. “Quando chegamos ao local fomos informados que o crime tinha sido praticado por pessoas que conheciam a vítima, que sabiam que João tinha uma deficiência mental e que por este motivo tinha dificuldades em discernir o que era certo ou errado. Os pais, bastante abalados, denunciaram Josenilton e o sobrinho dele como os autores do homicídio”, disse o delegado Carlos Othon.

Com estas informações, os policiais iniciaram as buscas e, por volta das 2h da manhã do sábado, encontraram os dois suspeitos na Rua da Arara, no bairro de Tibiri II, distante poucos metros da residência da vítima e do local do crime. Josenilton estava escondido dentro da casa dele, enquanto o sobrinho estava na rua. Os dois foram presos em flagrante e na Delegacia confessaram durante o depoimento que espaçaram a vítima, mas alegaram que a intenção não era matar. Tio e sobrinho foram autuados por homicídio e encaminhados para o Presídio Padrão de Santa Rita, onde vão aguardar pelo julgamento.