Polícia prende vendedora de loja por desvios superiores a R$ 70 mil

Polícia prende vendedora de loja por desvios superiores a R$ 70 mil

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) da Capital, prendeu, na manhã desta quinta-feira (12), em João Pessoa a vendedora Gilvete Soares Gomes, 45 anos, por fraudes relacionadas à emissão de cheques bancários, emissão de notas promissórias e desvios superiores a R$ 70 mil, em prejuízo da empresa em que era funcionária, uma loja de roupas no bairro de Manaíra, Capital. 

Segundo o delegado Lucas Sá, a Polícia recebeu a denúncia de que a suspeita teria se apropriado de cheques e destruído documentos do estabelecimento, visando dificultar qualquer tentativa de apuração dos fatos, além de abandonar o serviço. “A funcionária da loja Maison de luxo fez isso porque desconfiou que os fatos seriam comunicados à delegacia para a devida investigação. A equipe da DDF saiu imediatamente em diligência, localizando Gilvete em sua residência, situada no bairro do Geisel. Em seu poder, foram apreendidos  dezenas cheques bancários, de valores de aproximadamente R$ 30 mil”, explicou a autoridade policial. 

A funcionária da empresa foi presa em flagrante pelos crimes de estelionato e extorsão indireta e permanece na carceragem da Central de Polícia Civil, aguardando encaminhamento à audiência de custódia. Este ano, a Delegacia de Defraudações e Falsificações prendeu 29 suspeitos de fraudes em João Pessoa.