Polícias Civil e Militar prendem suspeitos de assassinar empresário na cidade de Piancó

Polícias Civil e Militar prendem suspeitos de assassinar empresário na cidade de Piancó
A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da 17ª Delegacia Seccional, com sede em Itaporanga, realizou na manhã desta quinta-feira (14) a ‘Operação Hidrocarboneto’, com apoio da Polícia Militar da Paraíba. Foram cumpridos dois mandados de prisão em desfavor de Alex Gonçalves Bento, 20 anos, natural de São Paulo, e Rodrigo Ribeiro de Souza, conhecido como ‘Paulista’, 29 anos, natural de Grajaúna, no Estado do Maranhão. Ambos são suspeitos do latrocínio que teve como vítima o empresário Lindoberto Pereira, 36 anos.
 
O crime aconteceu na noite do dia 27 de março na cidade de Piancó e a vítima ainda chegou a ser socorrida para o hospital municipal. Após o crime, a Polícia Civil passou a investigar ocaso, para chegar à autoria crime.
 
De acordo com os policiais que participaram da operação, que faz referência a um componente originário do petróleo, em alusão ao posto de gasolina de propriedade de Lindoberto, com um dos suspeitos foi encontrado um celular, com a imagem de uma jóia usada pelo empresário e que foi subtraída no dia do roubo seguido de morte.
 
Os dois homens ainda são suspeitos da prática de outros crimes patrimoniais ocorridos na cidade de Piancó,a  exemplo de assalto aos Correios, postos de combustíveis e a modalidade ‘saidinha de banco’. A dupla foi encaminhada para a Cadeia Pública local, ficando à disposição do Poder Judiciário, para audiência de custódia. 
 
Os dois homens ainda são suspeitos da prática de outros crimes patrimoniais ocorridos na cidade de Piancó,a  exemplo de assalto aos Correios, postos de combustíveis e a modalidade ‘saidinha de banco’. A dupla foi encaminhada para a Cadeia Pública local, ficando à disposição do Poder Judiciário, para audiência de custódia. Polícias Civil e Militar prendem suspeitos de assassinar empresário na cidade de Piancó
 
A Polícia Civil da Paraíba, por meio do trabalho investigativo da 17ª Delegacia Seccional, com sede em Itaporanga, realizou na manhã desta quinta-feira (14) a ‘Operação Hidrocarboneto’, com apoio da Polícia Militar da Paraíba. Foram cumpridos dois mandados de prisão em desfavor de Alex Gonçalves Bento, 20 anos, natural de São Paulo, e Rodrigo Ribeiro de Souza, conhecido como ‘Paulista’, 29 anos, natural de Grajaúna, no Estado do Maranhão. Ambos são suspeitos do latrocínio que teve como vítima o empresário Lindoberto Pereira, 36 anos. 
 
O crime aconteceu na noite do dia 27 de março na cidade de Piancó e a vítima ainda chegou a ser socorrida para o hospital municipal. Após o crime, a Polícia Civil passou a investigar ocaso, para chegar à autoria crime.
 
De acordo com os policiais que participaram da operação, que faz referência a um componente originário do petróleo, em alusão ao posto de gasolina de propriedade de Lindoberto, com um dos suspeitos foi encontrado um celular, com a imagem de uma jóia usada pelo empresário e que foi subtraída no dia do roubo seguido de morte. 
 
Os dois homens ainda são suspeitos da prática de outros crimes patrimoniais ocorridos na cidade de Piancó,a  exemplo de assalto aos Correios, postos de combustíveis e a modalidade ‘saidinha de banco’. A dupla foi encaminhada para a Cadeia Pública local, ficando à disposição do Poder Judiciário, para audiência de custódia.