Polícias desarticulam quadrilha suspeita de praticar assaltos nas rodovias do Agreste da Paraíba

Polícias desarticulam quadrilha suspeita de praticar assaltos nas rodovias do Agreste da Paraíba

 

As polícias Militar e Civil desarticularam, nessa terça-feira (22), uma quadrilha que vinha praticando arrastões em rodovias estaduais do Agreste da Paraíba. O bando, que é formado por seis homens e duas mulheres, foi localizado em uma casa, na zona rural da cidade de Areia, onde foram apreendidas quatro armas de fogo, drogas e recuperados vários objetos, celulares, relógios, roupas, calçados e dinheiro.

O último crime praticado pelo grupo foi contra um ônibus de estudantes, na PB-079, na noite da segunda-feira (21), entre as cidades de Alagoa Grande e Areia. Eles bloquearam a estrada com um caminhão e fizeram um arrastão dentro do coletivo, levando na fuga o carro de um homem que passava pela rodovia.

Os policiais militares dos 10º e 4º Batalhões, juntamente com os policiais civis da delegacia de Areia, receberam informações do local onde esse carro estava escondido, em um engenho, na cidade de Areia. Após recuperar o veículo, foi descoberta a casa usada como base da quadrilha e no caminho um deles foi preso com dinheiro e objetos roubados na noite anterior. Nas buscas, os outros sete foram presos em flagrante escondidos na residência.

Os suspeitos têm entre 47 e 18 anos. Eles seriam apontados também como autores dos roubos que vinham acontecendo na BR-101 Norte (que liga os Estados da Paraíba e Rio Grande do Norte), já que o modo de agir é o mesmo e as duas mulheres que fazem parte da quadrilha moram no Litoral Norte da Paraíba, onde os crimes vinham acontecendo. Além disso, alguns integrantes do bando são acusados ainda de homicídios na cidade de Santa Rita e região. A quadrilha foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil, em Areia.