Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ação policial resulta na interdição de clínica para dependentes químicos em Pitimbu

Notícias

Ação policial resulta na interdição de clínica para dependentes químicos em Pitimbu

Cerca de 50 dependentes químicos que estavam internos em uma clínica de reabilitação na cidade de Pitimbu, no litoral Sul da Paraíba, foram resgatados e devolvidos às suas famílias, após uma operação realizada pela Polícia Civil e outras instituições. O local foi interditado. Os trabalhos ocorreram nessa quinta-feira (26), mas só foram divulgados nesta sexta (27).

Além de policiais civis, participaram da ação equipes da Polícia Militar, Ministério Público da Paraíba, das Vigilâncias Sanitárias da Paraíba e de Pitimbu, da Prefeitura Municipal de Pitimbu e do Conselho Regional de Medicina da Paraíba. O dono da clínica foi levado para a delegacia. Foi ouvido e liberado.

De acordo com o delegado Aneilton Castro, a Polícia Civil instaurou inquérito há cerca de três meses para apurar denúncias de supostos crimes praticados contra os internos no interior da clínica. Segundo ele, a Polícia recebeu informações de que os internos estavam sendo vítimas de maus tratos e sendo medicados por pessoas sem formação em medicina. Durante a operação policial que ocorreu no interior da clínica parte dessas denúncias foi confirmada.

“Os internos estavam recebendo medicamentos que necessitam de prescrição médica, mas não havia nenhum médico de plantão no local. Os internos relataram que eram obrigados a tomar uma espécie de “garapa” que seria uma mistura de muitos medicamentos, cujo uso deveria ser controlado por um médico”, afirmou o delegado.

“Apreendemos receituários com uma assinatura de um médico cadastrado no Conselho Regional de Medicina de Pernambuco e que supostamente estaria atendendo os internos desta clínica. Mas essa conduta é proibida e gerou a interdição do local por parte do Conselho Regional de Medicina da Paraíba”, acrescentou Castro.

Após a interdição da clínica, os internos foram encaminhados para receberem assistência das equipes de Saúde da Prefeitura de Pitimbú, para, em seguida, serem devolvido às suas famílias. A Polícia Civil vai continuar com as investigações.

Acessar


Esqueceu sua senha?
Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional