Você está aqui: Página Inicial > Notícias > PC prende em JP homem acusado de praticar golpes em várias regiões do País

Notícias

PC prende em JP homem acusado de praticar golpes em várias regiões do País

Exibir carrossel de imagens PC prende em JP homem acusado de praticar golpes em várias regiões do País

PC prende em JP homem acusado de praticar golpes em várias regiões do País

Após aplicar golpes em várias capitais brasileiras, um homem foi preso em João Pessoa na madrugada desta segunda-feira (23) pela Polícia Civil.
 
José Flávio da Silva, mais conhecido como "Gordo", de 42 anos, foi localizado por equipes da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa (DDF/JP).
 
Ele estava no interior de uma pousada, em João Pessoa, e foi preso em flagrante delito, no momento que fazia mais uma vítima.
 
Segundo o delegado Carlos Othon, titular da DDF/JP, o homem foi autuado por crime de estelionato, previsto no Art. 171 do Código Penal.
 
Ele foi preso no exato momento em que realizava o "pagamento" de mercadorias anunciadas por terceiros de boa-fé em um conhecido site de vendas.
 
"No quarto de pousada onde ele estava hospedado, foram apreendidos diversos objetos comprados com cheques clonados", destacou o delegado.
 
A equipe da DDF ainda conseguiu recuperar objetos adquiridos das vítimas por meios fraudulentos. Entre esses itens, há uma sanfona marca Maestrina de 80 baixos e um violão.


O preso comprava produtos de valor elevado em um site de anúncios da internet e fazia os pagamentos por meio de cheques clonados. Para enganar as vítimas, se usava dados de um suposto gerente comercial.
 
"Os policiais ainda encontraram diversos cheques clonados devidamente acondicionados, cada um, em envelope identificado com cartão de apresentação de um suposto gerente comercial de uma construtora, meio utilizado para dar credibilidade ao golpe", detalhou Othon.
 
Após ser preso e confrontado com as provas, o homem admitiu a prática dos crimes e confessou ter feito vítimas em várias regiões do país.
 
"Ele informou vem aplicando esse golpe em várias capitais, sendo as últimas Belo Horizonte, Salvador, Recife e Natal", destacou o delegado.
 
Com a prisão, a polícia consegui evitar que "Gordo " fizesse novas vítimas. Pelo menos, dez pessoas que estavam em negociação é que seriam enganadas por "Gordo " procuraram a delegacia para prestar depoimento, na manhã desta segunda-feira (23).
 
"Várias outras já estão procurando a DDF para recuperar seus objetos", informou o delegado.
 
O preso ficará recolhido na carceragem da Polícia Civil até ser apresentado o Poder Judiciário, durante audiência de custódia.
 
Assessoria de Imprensa.
Polícia Civil da Paraíba.
 
22 de julho de 2019
 
 
Acesse nossas redes:
 
Site: www.policiacivil.pb.gov.br/
facebook.com/pcpboficial/
instagram.com/pcparaiba
twitter.com/pcpboficial
Acessar


Esqueceu sua senha?
Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional