Notícias

Polícia Civil faz maior apreensão de dinamites do ano em Campina Grande e prende ex-segurança de carro-forte

publicado: 28/12/2021 19h36, última modificação: 28/12/2021 19h36
1 | 5
2 | 5
3 | 5
4 | 5
5 | 5
WhatsApp Image 2021-12-28 at 15.29.44.jpeg
WhatsApp Image 2021-12-28 at 15.29.45 (1).jpeg
WhatsApp Image 2021-12-28 at 15.29.45.jpeg
WhatsApp Image 2021-12-28 at 15.29.46 (1).jpeg
WhatsApp Image 2021-12-28 at 15.29.46.jpeg

A maior apreensão de dinamites registrada em Campina Grande no ano de 2021 foi realizada pela Polícia Civil da Paraíba, durante operação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), nessa segunda-feira, 27 de dezembro. São 152 artefatos explosivos prontos para serem usados em ataques a instituições financeiras. Quatro armas, munições e um colete balístico também foram apreendidos, além de bicicletas de alto valor comercial.

 

Todo o material estava em uma casa no bairro Itararé. Os policiais já estavam investigando os ocupantes do imóvel há alguns meses e conseguiram um mandado judicial de busca e apreensão para o local. Quando chegaram à residência, um dos investigados tentou fugir, mas foi preso em flagrante.

 

“Trata-se de um sujeito que já trabalhou por mais de quatro anos em empresas de segurança, inclusive em carros-fortes. As investigações indicam que ele repassava informações privilegiadas para as organizações criminosas agirem contra instituições financeiras”, disse o superintendente de Polícia Civil, Glauber Fontes. 

 

O investigado preso tem 45 anos de idade e compunha um grupo de assaltantes de banco que agiu na Paraíba e em outros estados, nos anos de 2010 e 2011. 

 

“Ao que tudo indica, é uma quadrilha que está tentando se reestruturar na Paraíba, uma vez que a maioria de seus membros ou já foi presa ou ainda permanece encarcerada. Esse volume de explosivos é uma prova cabal de que essa organização criminosa estava pronta para agir a qualquer momento”, afirmou o delegado Demétrius Patrício, da DRF.

 

Bicicletas entregues

 

Algumas pessoas já compareceram à Central de Polícia Civil com notas fiscais de bicicletas apreendidas nessa operação. Elas apresentaram o documento de compra, e a Polícia Civil devolveu os bens roubados. 

 

As armas, explosivos e demais objetos apreendidos estão à disposição da justiça. 



Assessoria de Comunicação. Polícia Civil da Paraíba