Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Policiais civis impediram que celulares e drogas fossem lançados em presídios de JP

Notícias

Policiais civis impediram que celulares e drogas fossem lançados em presídios de JP

 
Após desconfiar da atitude de dois jovens, policiais civis conseguiram evitar que aparelhos celulares e drogas fossem lançadas para o interior de um presídio na Capital.
 
Os dois homens identificados como Anderson de Souza Nascimento e Eduardo Antônio Costa foram presos na tarde desta segunda-feira (29) após serem flagrados portando 11 aparelhos celulares e porções de entorpecentes.
 
Os materiais estavam embalados individualmente e seriam lançados para o interior do Presídio Flóscuolo da Nóbrega, no bairro do Roger, em João Pessoa.
 
As prisões foram feitas por equipes da Delegacia de Cabedelo, coordenadas pela Delegada Emília Melo, Titular da 7° Delegacia Distrital.
 
Segundo a Delegada os policiais civis estavam realizando intimações no local conhecido como "baixo Roger" em João Pessoa, quando perceberam a presença dos dois jovens a bordo de uma moto.
 
O delegado Everaldo Medeiros, Titular da 3° Delegacia Seccional, informou que os policiais deram comando de parada e, durante a revista pessoal, encontraram os 11 aparelhos celulares, já embalados individualmente, e ainda certa quantidade de entorpecente, que seriam lançados ao pátio do presídio do Roger", destacando a importância da ação policial.
 
Os dois homens foram levados para a delegacia, onde foram autuados. Equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa foram acionadas para prestar apoio.
 
Os dois presos foram encaminhados para carceragem da Central de Polícia e serão apresentados à justiça durante audiência de custódia, nesta terça-feira (30).
Após desconfiar da atitude de dois jovens, policiais civis conseguiram evitar que aparelhos celulares e drogas fossem lançadas para o interior de um presídio na Capital.
 
Os dois homens identificados como Anderson de Souza Nascimento e Eduardo Antônio Costa foram presos na tarde desta segunda-feira (29) após serem flagrados portando 11 aparelhos celulares e porções de entorpecentes.
 
Os materiais estavam embalados individualmente e seriam lançados para o interior do Presídio Flóscuolo da Nóbrega, no bairro do Roger, em João Pessoa.
 
As prisões foram feitas por equipes da Delegacia de Cabedelo, coordenadas pela Delegada Emília Melo, Titular da 7° Delegacia Distrital.
 
Segundo a Delegada os policiais civis estavam realizando intimações no local conhecido como "baixo Roger" em João Pessoa, quando perceberam a presença dos dois jovens a bordo de uma moto.
 
O delegado Everaldo Medeiros, Titular da 3° Delegacia Seccional, informou que os policiais deram comando de parada e, durante a revista pessoal, encontraram os 11 aparelhos celulares, já embalados individualmente, e ainda certa quantidade de entorpecente, que seriam lançados ao pátio do presídio do Roger", destacando a importância da ação policial.
 
Os dois homens foram levados para a delegacia, onde foram autuados. Equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes de João Pessoa foram acionadas para prestar apoio.
 
Os dois presos foram encaminhados para carceragem da Central de Polícia e serão apresentados à justiça durante audiência de custódia, nesta terça-feira (30).
registrado em: ,
Acessar


Esqueceu sua senha?
Voltar para o topo
Secretaria de Estado da Comunicação Institucional